Como estudar em Portugal - Dúvidas e experiência!

Final do mês irei completar dois meses morando em Portugal e com isso resolvi fazer um post de como estudar aqui, principalmente porque as candidaturas da Universidade da Beira Interior - UBI, que é onde eu estudo, estão abertas. Recomendo essa experiência para todo mundo, estou muito contente morando aqui e adorei conhecer uma cultura diferente e ter oportunidade de conviver com pessoas de diversos lugares do mundo.  

COMO EU ESCOLHI ESTUDAR EM PORTUGAL?
No final do ano passado eu decidi que queria vir fazer mestrado em Portugal. Mas confesso que não é uma coisa que eu já havia pensado antes. Eu sempre quis muito viajar pela Europa, mas nunca me imaginei morando fora do país. Foi meio que destino sabe? Primeiro meu namorado se inscreveu no mestrado, mas eu ainda não estava formada e com isso não tinha diploma. Depois descobri que um casal de amigos se inscreveram na segunda fase, que eu nem sabia que existia. Ai quando conversei com eles, me falaram que havia uma terceira fase, e que agora sim eu iria poder me inscrever. 
O bacana é que as seleções por aqui tem um calendário diferente. O processo todo da primeira fase começa em março e nos próximos meses já são divulgados os resultados. Mais adiante temos a segunda e terceira fase (que é a que eu entrei). Pra vocês entenderem as datas, aqui o "ano" escolar começa em setembro.


foto: Fabio Giacomelli - blog Brasileiros na Covilhã

O QUE VOCÊ PRECISA PARA ESTUDAR NA UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR?
Para quem quer saber sobre outras universidades portuguesas, recomendo acessar os sites pra se informar. Pesquisei aqui antes de fazer o post e percebi que a maioria delas tem um processo muito parecido, mas as datas variam, então sempre é bom ficar de olho naquela que você tem o maior interesse. Obviamente vou falar da UBI que é onde me candidatei e por isso tenho mais conhecimento. No site tem a opção candidatos e ali que você consegue todas as informações que precisa.
Para se inscrever na UBI, basta acessar esse link, e escolher o que você quer. Nas universidades daqui, os níveis são divididos em 1º, 2º e 3º ciclos, sendo 1º a graduação, 2º mestrado e 3º doutoramento. 

COMO SE CANDIDATAR?
Como há o interesse de pessoas de fora do país, eles possibilitam fazer tudo pela internet. E pra minha sorte não precisei gastar dinheiro enviando documentos pelos correios. Você vai precisar de:
- documento de identificação pessoal/Passaporte; (eu usei a identidade porque não tinha passaporte pronto ainda)
- carteirinha de vacinação com a vacina antitetânica; 
- curriculum Vitae ou Europass, que pode ser criado aqui (super rapidinho); 
- carta de curso/Diploma ou Certidão de conclusão da graduação;
- histórico escolar das unidades curriculares e nota final da graduação; (eu consegui esses documentos na secretária acadêmica da universidade que me formei). 
- carta de recomendação; esse não é obrigatório, mas ajuda! Como a minha banca gostou bastante do meu trabalho de conclusão de curso, pedi para eles e não houve problema algum.  
Depois de reunir tudo, não esqueça de autenticar esses papéis no cartório (as cartas de recomendação e a carteirinha de vacinação não precisa). Deixe tudo separadinho porque se você passar vai ter que trazer e entregar na secretária acadêmica. 

Curiosidade: Para quem já se candidatou em universidades brasileiras deve se perguntar, e o projeto de pesquisa? Aqui eles não pedem e pelo que percebi, a maioria das universidades portuguesas não exigem isto, principalmente porque temos a opção de realizar estágio no final do curso, em vez de fazer a dissertação, mas para nós brasileiros, que devemos validar o mestrado no Brasil, o ideal é sim fazer a dissertação.

A candidatura é feita no sistema da universidade onde você deve enviar todos os documentos, preencher seus dados e pagar uma taxa (na UBI de 15 euros), que dá pra ser pago via paypal. Depois disso, é só esperar eles confirmarem o recebimento e aguardar o resultado com deferido ou indeferido. 
Depois de ser aprovado, você pode fazer a matricula também online e começar a se preparar, principalmente com os documentos do visto que demora um pouco pra ficar pronto.

DATAS DAS CANDIDATURAS
Na UBI, a 1º fase para seleção do mestrado abriu no dia 02 de Março e vai até 28 de maio e a seleção para os cursos de doutorado começou no dia 09 de Março e vai até 11 de junho.

PROPINAS
Já vou falar disso aqui porque muita gente vem estudar em Portugal sem saber sobre as tais propinas. Mesmo a universidade sendo pública, você deve pagar um valor anual que se chama propina. Esse valor depende de universidade para universidade. Na UBI, o valor anual do mestrado fica por 1.037,20€ e o doutoramento fica por 2,000€. Você pode optar por pagar em apenas 1 vez, dividir em 4 ou 10 vezes. Eu dividi em 10 vezes e pago 103 euros por mês. 


vista de uma parte da Covilhã

VISTO DE RESIDÊNCIA
Brasileiros precisam de visto de residência. no site do consulado de Portugal em São Paulo tem tudo detalhado, e foi por lá que eu organizei meus documentos. Depois de reunir tudo, você vai ter que ir ao consulado mais próximo e pagar uma taxa referente ao tempo que você vai ficar lá. Você pode ver os preços aqui.
Por mais que você vá ficar dois anos, o visto tem duração de apenas um ano no máximo. Com isso ao chegar em Portugal é preciso procurar o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), onde eles irão te dar a Autorização de Residência para Estudo e depois de um ano retornar para renovar esse visto. Aqui em Covilhã, o SEF mais perto é em Castelo Branco, cerca de 45 minutos. 

PLANO DE SAÚDE
Para fazer o pedido do visto para Portugal você precisa ter um seguro de saúde. Dá para contratar uma seguradora privada ou pode utilizar o PB4 sem custo algum para ter o direito de utilizar o sistema público de saúde português. Para mais informações sobre o plano de saúde e locais de onde realizar o pedido, acesse aqui.  Para conseguir isso, você precisa ir até o Ministério da Saúde mais próximo (eu fui em Porto Alegre) e levar comprovante de residência (original e cópia), comprovante de matrícula, carteira de identidade (original e cópia) e passaporte (original e cópia). O processo todo foi muito rápido e já sai com o papel na hora. A validade do seguro saúde é de 1 ano. Completando isso, você deve voltar lá, com os mesmos documentos pra renovar por mais um ano, ou pedir para alguém da família ir no seu lugar com uma procuração que pode responder por você.

foto: Ana Cláudia Ferreira

MORAR EM COVILHÃ
Tem várias opções de moradia, mas a mais barata com certeza é morar em uma das residências oferecidas pela Universidade. No total são 7 residências, localizadas em pontos diferentes da cidade. Eu moro na Pedro Alvares Cabral e divido quarto com mais uma pessoa. Para fazer o pedido você deve enviar email para aloja@ubi.pt e pedir mais informações, antes disso dá uma olhadinha na página da universidade sobre isso aqui.  
A segunda opção é procurar um apartamento ou um quarto. Aqui eles alugam muitos quartos nas casas. O problema é que você vai morar com alguém desconhecido e essa é a desvantagem. Essa opção sai bem mais em conta que alugar um apartamento por exemplo, mas esse tem mais privacidade. Então tudo depende de quanto você pode gastar. Na residência eu pago 105 euros por mês com água, luz, internet, e toda quinta-feira troco a roupa de cama e de banho por uma limpinha. 

QUANTO CUSTA MORAR E ESTUDAR EM COVILHÃ? 
Por ser uma cidade pequena, se você mora em uma das residências, o custo de vida não é tão alto comparado com outras cidades portuguesas maiores, como Coimbra, Porto e Lisboa. O gasto médio de um estudante com as coisas básicas é de 310 euros. Claro que esse valor é baseado na minha experiencia:
105,00 de residência
103,00 propina
100,00 de alimentação

Depois disso tem o lazer, e depende muito de quanto você gosta de viajar, sair para festas, almoçar/jantar fora. Por isso, as despesas de cada um podem variar, mas o básico é isso. 

COMO RECEBER DINHEIRO DO BRASIL EM PORTUGAL? 
Esse é um assunto que eu pesquisei bastante, mas pelo que percebo já não existe uma formar "barata" de fazer isso. Recebo em reais, na minha conta do Banco do Brasil. Para isso, tenho um cartão internacional de crédito/débito. Até uns anos atrás, fazer saque internacional era tranquilo, porque era cobrado apenas 0,38 de IOF do valor retirado. Agora é cobrado 6,38 o que dificultou bastante as opções.
Para utilizar seu cartão você deve ir a um caixa multibanco, escolher a língua portuguesa, e a opção levantamento que é como é chamado o saque aqui em Portugal. Depois débito, o valor e pronto. Aqui dá para tirar apenas 200€ por dia, e por saque pago 12 reais, mais ai depende de banco para banco.
A opção mais barata com certeza seria trazer o dinheiro já trocado do Brasil, mas para quem vai ficar 2 anos, a não ser que seja rico, é impossível. Pesquisei e vi que todas as soluções que temos agora dão praticamente na mesma. Tem gente que usa cartão VTM, que pode ser recarregado no Brasil, muitos usam cartão como eu, e outros fizeram conta em bancos daqui, e recebem dinheiro do Brasil por transferência internacional, que pelas minhas pesquisas, só vale a pena para quem vai receber grandes quantidades já que os custos não são tão baratos.
Também li sobre o Western Union, mas fiquei sem entender muito, então indico que quem tiver interesse faça uma boa pesquisa antes. Ah e é possível receber dinheiro pelo correio onde as taxas são menores, mas ai tem o tempo que demora, então depende da pressa sua pra receber isso.

Espero que possa ajuda. Caso tenha alguma dúvida, estou a disposição pra responder.
Beijão

2 comentários:

  1. Super interessante, não sabia que funcionava assim, vale a pena investir. Bjos da Isa ;*
    http://girlsabout.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Meu sonho é ir pra Portugal estudar Moda. Já pesquisei as escolas, e todas tem os cursos que eu quero. Uma fica em Porto e a outra em Lisboa. Como eu já sou formada em Moda eu queria ir pra fazer cursos livres de 2 a 3 meses. Os valores são bem parecidos com os que eu já fiz no Brasil, o problema é um local pra mim ficar esse tempo =( Sai um pouco caro, principalmente agora com a crise ferrada que estamos passando aqui. Vou ter que esperar a situação melhorar.

    Adorei seu post!


    Um beijo,
    Yasmin
    http://fashionfinissima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela sua visita. A sua opinião é sempre muito bem vinda. Espero que tenha gostado do blog e que volte mais vezes! Responderei todas as mensagens, seja aqui ou no seu blog! Beijo