Viagem: Roteiro Paris parte I!

Hoje vou contar pra vocês um pouquinho sobre o roteiro da minha viagem pra Paris, com algumas dicas do que eu pude aprender 4 dias lá. Vou dividir esse post em duas ou três partes para não ficar tão grande, pois tenho bastante fotografias que quero compartilhar. Já fiz o post sobre onde me hospedei. Se você não viu, clica aqui pra ver.
A ordem não vai seguir exatamente a mesma que eu fiz, porque muita coisa eu poderia ter feito melhor, como lugares que são perto uns dos outros e eu não sabia.  Com isso, acabei andando e pegando o metro mais que o necessário. 

1. Torre eiffel: claro que a Torre Eiffel foi uma das coisas que quis logo ver. Posso dizer que é muito mais bonita que por foto, e não há explicação no mundo que fale da sensação de sentar no jardim em frente a ela. Ela funciona das 9h às 23h e possui estação de metrô muito próxima. Dá pra parar na "Trocadéro" que você estará basicamente na frente. Eu queria subir na torre, mas a fila estava tão grande, e teríamos que passar por 2. Uma pra comprar o bilhete e outra pra entrar. Isso levaria no minimo 3 horas, ai decidimos continuar o passeio. 

jardim em frente a Torre Eiffel



2. Museu do Louvre: é o tipo de lugar que nunca imaginei na vida entrar. Na fila mesmo já senti aquele friozinho na barriga por ter essa oportunidade. A gente só acredita quando tá lá dentro mesmo. Pra chegar é super fácil, pois tem um metrô a poucos passos dali. Além disso, ele é bem explicadinho, até com desenhos dos principais pontos turísticos mostrando onde é o ponto certo pra descer. É só descer na estação "palais royal - musée du Louvre".
A minha entrada foi gratuita pois sou menor de 25, e do meu namorado e amigos também. Então se você é menor de 25, e pretende visitar, leve algum documento de identificação que seja possível ver a sua data de nascimento. Eu levei o passaporte mesmo. 
Não tem descrição perfeita pra contar como é lá dentro. É tudo tão bem pensado, com pinturas incríveis no teto, obras de artes que vimos muito nos livros, outras que acabei por conhecer lá, e uma infinidade de história pra descobrir. O único problema é que por ele ser grande, se você quiser ver ele inteirinho, tem que reservar pelo menos um dia inteiro pra fazer a visita. 
A dica é aproveitar o caminho, ao sair do museu e passar pelo Jardin des Tuileries, pela Praça da Concórdia, até Champs Elysees, terminando no Arco do Triunfo. Todo esse caminho é incrivelmente maravilhoso, e não vale a pena pegar metro apesar de ser uma caminhadinha longa. 





3. Jardin des Tuileries: depois que saímos do museu, como levamos lanche, comemos sentados na grama mesmo. Lá muita gente se reuni com os amigos e levam os animais para passearem, sendo um ambiente muito agradável de ficar. 
Lá também encontra-se o Musée de l’Orangerie, com obras como "as Nymphéas" de Claude Monet. Eu infelizmente não entrei neste museu. Coloquei na lista de lugares para conhecer, mas na hora, não percebi que era nesse local e acabei passando. Mesmo com tudo anotado e planejado, sempre escapa uma coisinha. 





4. Praça da Concórdia: Seguindo o caminho, chegamos nessa praça que como tudo, também é muito bonita. Um longo caminho até chegar ao champs elysees, mas que quase não percebemos a demora, já que a beleza do caminho nos tirou toda a atenção.  




5. Champs Elysees: Avenida em paris muito movimentada, cheia de cafés, lojas, restaurantes e obviamente, muito, mas muitos turistas. Pesquisei e li que a avenida tem 1,9 km de comprimento, iniciando-se na Praça da concórdia, junto ao Museu do Louvre e Jardin des Tuileries e terminando na praça Charles de Gaulle, onde está o Arco do Triunfo.


6. Arco do Triunfo: monumento que fica na praça Charles de Gaulle. Quem quiser pode pagar e subir pra ter uma vista muito bonita da cidade. A gente não subiu e acabamos nos arrependendo. Mas a vista de frente também é muito bonita e movimentada. Para quem não quer chegar caminhando como nós, é só descer na estação Charles de Gaulle - Etoile, seja de metrô ou trem (RER).


7. Jardim de Luxemburgo: não segui exatamente essa ordem. Esse foi o primeiro lugar que fui, seguindo para Torre Eiffel, que é uma caminhada enorme. Por isso não recomendo essa ordem. Mas coloquei aqui pra finalizar esse post com um jardim que achei incrivelmente maravilhoso, e o meu favorito dos que pude conhecer. Por mim, sentaria um dia inteiro lá só para apreciar a beleza e curtir um pouquinho da vida parisiense, mas como tive poucos dias na cidade, só passei e apreciei um pouquinho mesmo. Uma curiosidade é que esse jardim é considerado o maior parque público de Paris, e por sorte é gratuito. Pra você ter uma ideia, ele possui mais de 100 estátuas, chafarizes e monumentos, com isso já da pra imaginar o tempo que leva pra conhecer cada cantinho né?


Já já libero a segunda parte do post!! 
Com carinho, M 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela sua visita. A sua opinião é sempre muito bem vinda. Espero que tenha gostado do blog e que volte mais vezes! Responderei todas as mensagens, seja aqui ou no seu blog! Beijo